Elaine Palma convida a percorrer caminhos de volta para si, em uma alusão na qual o destino final é sempre a sua essência. O ato de ir permite o de voltar, mas voltamos sempre engrandecidos e modificados com as experiências da ida.

Raiar é uma palavra palíndroma, que pode ser lida igualmente em dois sentidos: da esquerda para direita ou da direita para a esquerda. Há sempre oportunidades de percorrer o mesmo caminho, mas com uma nova visão para, ao final, retornar à essência.

A Coleção Raiar é dividida em momentos. Neste primeiro, Solaris, o convite é para viver a expansão e o relaxamento que o verão, o calor e o sol trazem.